Foto: Divulgação

O ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus, Kácio Clay Brandão, preso durante a Operação Citrus, teve o pedido de liberdade atendido, em parte, pela justiça, na tarde desta terça-feira (3). Kácio deverá cumprir penas alternativas, mas deixará o presídio Ariston Cardoso, onde se encontra desde o dia 21 de março deste ano. As informações são do site Tabuleiro.

Kácio foi preso em março, ao lado de empresários e do ex-vereador e e ex-secretário Jamil Ocké, durante “Operação Citrus”, que investiga fraudes e superfaturamento em procedimentos licitatórios e contratos realizados pela Prefeitura Municipal de Ilhéus.

Já o ex-vereador Jamil Ocké teve o pedido de soltura aceito pela justiça em agosto.

Related Post