Mais de 243,8 mil bolsas serão oferecidas. Número é o maior da história do programa. Foto: Arquivo/Agência Brasil

Nesta quarta-feira (6), 243,8 mil candidatos serão confirmados entre os pré-selecionados para uma vaga em cursos de graduação em faculdades particulares com bolsas parciais e integrais. Para tanto, os inscritos na seleção do Programa Universidade para Todos (Prouni) devem acessar a página na internet para conferir a lista de aprovados em 1ª chamada.

A cozinheira carioca Mylena Machado (24) aguarda com ansiedade o resultado. É a primeira vez que ela tenta uma vaga pelo programa. Para Mylena, a oportunidade de ingressar no curso de fisioterapia com bolsa “representa ter a esperança de um futuro melhor e poder dar toda a ajuda que a família precisa”.

PRIMEIRA CHAMADA

Quem for selecionado nesta etapa deve ficar atento ao período de comprovação de informações e matrícula nas unidades de ensino. Entre quarta e quinta-feira (14) da próxima semana, os selecionados devem procurar as instituições de ensino com:

Documento Comprovantes aceitos
Identidade Carteira de identidade, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), passaporte, carteira funcional, identidade militar, Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) ou carteira de trabalho (CTPS)
Comprovante de residência Contas de água, gás, energia ou telefone, contrato de aluguel, declaração de propriedade, contracheque, boletos, faturas do cartão de crédito, extratos bancários ou guias do IPTU ou IPVA
Comprovante de rendimentos Três últimos contracheques, se a renda for fixa; seis últimos contracheques em caso de recebimento de comissão; CTPS; extrato da conta do FGTS; extrato bancário dos últimos três meses
Relação dos pais Comprovante de separação, divórcio ou morte dos pais
Pensões Comprovante de pagamento da pensão alimentícia (cópia da decisão judicial)
Ensino médio Comprovante de período letivo em escola pública ou de recebimento de bolsa em colégios particulares; certificado de conclusão de ensino médio
Magistério Comprovante de professor da educação básica

Os candidatos com deficiência pré-selecionados devem apresentar laudos médicos que atestem a condição. Após entregar a documentação nas unidades de ensino, os estudantes devem receber um número de protocolo referente à entrega das informações à instituição. Depois disso, é encaminhada a matrícula no curso.

SEGUNDA CHAMADA

Os candidatos que não forem pré-selecionados nesta fase ainda têm outra chance. O resultado da 2ª chamada de pré-seleção será divulgado em 20 de fevereiro. Nesse caso, o período para comprovar as informações vai até 27 deste mês. Quem não conseguir a bolsa tem os dias 7 e 8 de março para indicar que quer participar da lista de espera. Para tanto, os interessados têm que confirmar o interesse na página do Prouni.

O PROGRAMA

O Prouni oferece bolsas parciais e integrais em instituições particulares de ensino superior para cursos de graduação ou sequenciais. As vagas se destinam a estudantes sem diploma de nível superior que fizeram o ensino médio em escolas públicas ou foram bolsistas em colégios particulares. Além disso, professores da rede pública ou estudantes com deficiência. Ao todo, 1.239 instituições ofertam bolsas neste ano.

BOLSAS

As bolsas de 50% são destinadas aos selecionados que comprovem renda familiar per capita de até três salários mínimos. Para ter direito às bolsas integrais, é necessário comprovar renda familiar mensal por pessoa de até 1,5 salário. Neste ano, haverá a maior oferta de vagas da história do programa: 116.813 integrais e 127.075 parciais.

CANDIDATURA

Para se inscrever no Prouni, é necessário ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior. A média das notas dos candidatos deve ser superior a 450, e a nota da redação deve ser superior a zero.

Related Post