Reconstrução do trânsito intestinal apresenta boa evolução. Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Devido a quadro isolado de febre na noite da última quarta-feira (6), o presidente da República, Jair Bolsonaro, foi submetido à tomografia de tórax e abdome que evidenciou imagem compatível com pneumonia. Para conter o quadro, foi realizado ajuste no antibiótico e mantidos os demais tratamentos. A informação foi repassada na tarde desta quinta-feira (7) pelo porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rêgo Barros.

De acordo com último boletim médico, a reconstrução do trânsito intestinal vem apresentando boa evolução. O presidente continua sem dor, com sonda nasogástrica, dreno no abdome e recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral.

Segundo o porta-voz, o presidente está disposto, caminhou pelos corredores do hospital duas vezes na parte da manhã e duas vezes na parte da tarde. “Ele estava muito bem e demonstrando aceitabilidade da ação das drogas. No que toca à questão abdominal, o avanço é natural”, ressaltou. Por orientação médica, as visitas seguem restritas.

Related Post