WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






MIGALHAS

É lamentável a situação dos maiores municípios sul-baianos, no que se refere à captação de recursos para projetos de infraestrutura. Enquanto se vê a cidade de Vitória da Conquista, da região sudoeste, assinar contrato de R$ 60 milhões para construção da Avenida Perimetral, uma grande obra viária que ligará diversas partes daquele centro urbano, Ilhéus e Itabuna ficam com o quê?…

Basta acessar os sites oficiais desses municípios para notar as diferenças. Itabuna noticia com eloquência a doação de tijolo e cimento para famílias atingidas por uma enchente em novembro, a fim de que elas reparem suas casas nas mesmas áreas de risco. Deve ser uma nova versão do programa “Minha Casa, Minha Vida”, com as características da falta de planejamento, improviso e enganação.

Ilhéus, por sua vez, divulga com toda pompa um convênio com a Conder para o recapeamento de suas ruas. Tal qual a cidade vizinha, sua população passou a ficar felicíssima quando o governo tapa a buraqueira. Infelizmente, o povo dessas cidades irmãs foi se habituando à mediocridade político-administrativa, de tal forma que passou a se contentar com essas migalhas.

ATAQUE DO PP PREOCUPA FÓRUM DA AGRICULTURA FAMILIAR

Pimenta

Libanilson Braga, da coordenação nacional do MLT, é um dos signatários da carta

Libanilson Braga, da coordenação nacional do MLT, é um dos signatários da carta

Uma carta assinada por lideranças ligadas ao Fórum Baiano da Agricultura Familiar alerta o governador Jaques e Wagner e o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, para possíveis riscos diante da investida do PP sobre a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

Segundo os signatários do documento, a CAR – além da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA) e Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf) – tem sido estratégica para a execução de políticas necessárias à inclusão socioprodutiva de agricultores, assentados e outras populações tradicionais do campo.

Os autores afirmam que, no passado, a CAR se prestava apenas a atender pedidos políticos, “dissociados de qualquer lógica” ou das reais demandas “para erradicação da pobreza no campo”. No entanto, observam que a companhia passou por um processo de requalificação e hoje é reconhecida como uma empresa eficiente.

Para esse grupo, uma eventual barganha política em torno da CAR “coloca em risco a imagem do governo Wagner e compromete seriamente o conjunto das ações em curso, além de comprometer o desempenho de um futuro mandato”.

Assinam a carta encaminhada a Wagner e Rui Costa: Vasco Aguzzoli, coordenador do Movimento Social do Povo Brasileiro (MSPB); Ubiramar Bispo, titular da Coordenação Estadual dos Territórios de Identidade da Bahia (CET); Rosival Leite, da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Fetraf); Libanilson Braga, coordenador estadual e nacional do Movimento de Luta pela Terra (MLT) e José Paulo Ferreira, coordenador da Associação das Cooperativas de Crédito Agrícola Familiar (Ascoob). Todos integram o Fórum Baiano da Agricultura Familiar.

COMERCIANTE PRESO POR COMPARTILHAR IMAGEM DE ADOLESCENTE NUA

José Magno foi autuado com base no ECA

José Magno foi autuado com base no ECA

Denunciado à polícia por manter, em seu smartphone, imagens de uma adolescente de 16 anos nua e compartilhá-las com outras pessoas, o vendedor de veículos José Magno Vasconcelos Júnior, 38 anos, foi preso em flagrante, por investigadores do Grupo Especializado de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos (GME), no local de trabalho, na Cidade Baixa.

Produzidas pela própria garota, as imagens foram inicialmente distribuídas nas redes sociais pelo namorado da jovem, um adolescente de 17 anos, que será ouvido logo depois do Carnaval, segundo revelou o delegado Charles Leão, coordenador do GME, ao observar que “a perícia no celular de José Magno confirmou o armazenamento de imagens despidas da adolescente no aparelho”.

Amigo da família da vítima, o vendedor de veículos foi autuado com base no Estatuto da Criança e do Adolescente, por armazenar, distribuir ou divulgar fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Ele está custodiado na Polinter, no Complexo Policial dos Barris.

AEROPORTOS SE PREPARAM PARA AUMENTO DA DEMANDA

aeroporto

Agência  Brasil

Na véspera do feriadão, muitos foliões se preparam para o carnaval e outros usam os dias de folga para descansar. Independentemente do objetivo do passageiro, as equipes de fiscalização e manutenção dos aeroportos aguardam o aumento do movimento. No Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, de sexta-feira (28) à Quarta-Feira de Cinzas (5), o crescimento do número de passageiros deve ser 7% em relação ao registrado no mesmo período de 2013, com a movimentação de 241 mil pessoas durante a semana.

O aeroporto da capital federal é operado pela concessionária Inframérica, que informa que reforçará as equipes de atendimento ao cliente durante a semana, terá equipes de plantão e aumento do efetivo para suportar a demanda. Além disso, segundo a concessionária, 30% dos novos sistemas de check-in compartilhado estarão em funcionamento para auxiliar as companhias aéreas e haverá o acréscimo de uma esteira de bagagem para atender aos voos internacionais.

OPOSIÇÃO SEM CANDIDATO NA FOLIA

Há quem veja como equivocada a estratégia oposicionista de agendar o anúncio do candidato ao governo do estado para depois do Carnaval. O grupo perde, de acordo com quem tem esta opinião, a importante vitrine política que é a festa mais popular da Bahia.

Paulo Souto (DEM) já deu as caras na folia, mas tão somente como postulante à candidatura. Nada certo, porque Geddel ainda não foi convencido a conformar-se com a disputa pelo Senado.

Enquanto isso, Rui Costa, pré-candidato do PT, e Lídice da Mata, do PSB, vestem o abadá e vão cantando seu alalaô pro eleitor.

BUERAREMA DESTINA MAIS DE R$ 1 MILHÃO PARA FESTA

"De um lado esse Carnaval..."

“De um lado esse Carnaval…”

Mergulhada em um conflito que parece não ter fim, protagonizado por índios, falsos índios e pequenos produtores rurais, o município de Buerarema demonstra que não está muito preocupado com os problemas. Pelo menos é o que sua prefeitura sinaliza, ao destinar mais de R$ 1 milhão para festas que pretende realizar em 2014.

O valor consta de publicação no Diário Oficial, conforme revelou o blog Políticos do Sul da Bahia. Inicialmente, o governo divulgou extrato de contrato informando que gastaria R$ 1.193.000,00 com “empresa do ramo de locação de bandas e estruturas (palcos, banheiros químicos, tendas piramidais, iluminação, geradores, elevados para a polícia militar, camarins, etc.)”; depois, corrigiu a cifra, mas não para reduzi-la. Na verdade, o valor do contrato é de R$ 1.608.000,00.

Segundo o blog, quem vai abocanhar essa soma é a empresa Jacildo Moreira de Araújo ME.

buerarema2

Do outro…

ITABUNA ORGANIZA FEIRA GOURMET

Pratos da culinária indígena, africana, árabe e portuguesa serão apresentados na Feira Gourmet, evento programado para o dia 9 de março, em Itabuna. Organizada pela Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo, em parceria com empresas do ramo da gastronomia, a feira estará aberta das 11 horas às 16 horas, na Alameda da Juventude, centro da cidade.

A estrutura incluirá cerca de 20 tendas e um palco para apresentações musicais. De acordo com o secretário José Humberto Martins, a atividade integra o Projeto de Desenvolvimento da Economia de Itabuna, que tem como objetivo “promover a maturidade empreendedora local, aproximando o mercado das pequenas empresas, com a realização de eventos que ajudem a incrementar a geração de negócios e fomentar a geração de emprego e renda”.

PP CHANTAGEIA O GOVERNO

Pai e filho têm apetite insaciável por cargos

Pai e filho têm apetite insaciável por cargos

Os caciques do PP na Bahia estão jogando pesado contra o governo do Estado, aproveitando-se das tensões naturais do processo sucessório. Nesse jogo, usam de um lado a ameaça de se bandear pros lados da oposição, e do outro a exigência de preencher novos espaços na máquina administrativa.

Entre os alvos dos pepistas – principalmente do deputado federal Mário Negromonte e do deputado estadual Mário Negromonte Júnior – está a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). Eles cismaram que o atual diretor-executivo do órgão, Vivaldo Mendonça, deve ser exonerado do cargo porque não é filiado ao PP.

Vivaldo é apontado como um gestor competente e que produz bons resultados na condução de políticas públicas. Esse argumento, no entanto, não satisfaz o PP e seu insaciável apetite.

CONQUISTA OBTÉM RECURSOS PARA CONSTRUÇÃO DA AVENIDA PERIMETRAL

Prefeito e superintendente da CEF assinam contrato

Prefeito e superintendente da CEF assinam contrato

O prefeito  de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes (PT), assinou contrato com a Caixa Econômica Federal para a liberação de recursos destinados a obras de mobilidade. A expectativa é de que o município receba R$ 60 milhões, oriundo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), para intervenções como a construção da futura avenida perimetral, interligando os setores leste, sul e oeste da cidade.

“O governo municipal se organizou desde o primeiro momento para ter bons projetos e buscar recursos a partir das possibilidades abertas pelo governo federal. Isso fez com que Vitória da Conquista passasse a receber volumosos recursos e iniciativas importantes”, disse o prefeito durante a assinatura.

O superintendente regional da Caixa Econômica Federal, José Ronaldo Maia, afirmou que há uma “parceria bem sucedida” entre a prefeitura e o banco. “A Prefeitura de Conquista é uma antiga parceira da Caixa e essa parceria tem dado certo nos mais diversos segmentos”, declarou.

ONGs SE PASSAVAM POR FORÇAS POLICIAIS

A Polícia Civil cumpriu nesta quarta-feira (26) oito mandados de busca e apreensão nas sedes de quatro Organizações Não Governamentais (ONGs) de proteção aos direitos da criança e adolescente e direitos humanos. Elas vinham atuando irregularmente, como forças-policiais em festas populares, e confeccionando fardamentos e carteiras, que permitiriam acesso gratuito a ônibus, eventos, estádios e cinemas, prejudicando a arrecadação financeira de empresas privadas.

Os mandados de busca e apreensão, expedidos pelas 1ª e 2ª Varas Criminais de Salvador, foram cumpridos por investigadores da Coordenação de Operações Especiais (COE), nas sedes das ONGs Interbusca Desaparecidos, na Avenida Sete de Setembro, Interbusca Bahia, no Matatu, Gapinj – Grupo de Agente de Proteção a Infância e Juventude, na Liberdade, Ropinju-DH – Rede de Oficiais de Proteção da Infância, Juventude e Direitos Humanos, instalada na Mouraria, e nas casas dos respectivos presidentes.

Foram apreendidos fardamentos, carteiras de identificação, algemas de lacre, bastões, radiocomunicadores, documentos, computadores e um revólver de calibre 38. O material recolhido seria utilizado pelas ONGs durante o Carnaval/2014. “Alguns grupamentos atuavam como se seus integrantes fossem Agentes Voluntários de Proteção à Criança e Adolescente, os antigos Comissários de Menores”, explicou o delegado Cleandro Pimenta, coordenador da COE.

NA FOLIA, CUIDADO COM OS OLHOS

conjuntiviteAs festas de Carnaval reúnem muitas das condições favoráveis ao aparecimento da conjuntivite, inflamação da conjuntiva, a membrana transparente que reveste a parte interna da pálpebra e a parte branca dos olhos, a esclera. Surtos de conjuntivite são comuns após a festa de Momo, tendo em vista o período de incubação da doença estender-se de quatro a sete dias após a contaminação. Prevenir ainda é o melhor remédio para não correr o risco de ir para a casa mais cedo, conforme orienta o médico oftalmologista Wesley Moreira, do DayHORC.

A conjuntivites podem ser causadas por  alergias, contato com substâncias químicas irritantes, trauma ou infecção por vírus ou bactéria, nestes dois últimos dois casos com alto risco de contaminação. A permanência em locais abafados e com grande aglomeração de pessoas, o calor e a baixa umidade do ar são condições favoráveis ao surgimento da doença. O uso excessivo de maquiagens, comum no Carnaval, também pode causar a inflamação.

A fase aguda da doença leva entre sete e dez dias e o principal sintoma é a vermelhidão. “No entanto, quase sempre este sintoma vem acompanhado de outros, a exemplo da sensação de estar com os olhos arranhando, fotofobia, coceira, inchaço nas pálpebras, lacrimejamento excessivo, além da produção de secreção amarelada no canto dos olhos”, explica o médico.

Os principais cuidados para se prevenir a conjuntivite são: lavar as mãos com frequência; não compartilhar objetos pessoais, a exemplo de maquiagens e sabonetes; usar óculos escuros e barreiras de proteção, como bonés e chapéus; evitar aglomeração e principalmente o contato com pessoas que estejam com conjutivite, além do uso de sprays, espumas, ou produtos que possam causar traumas à visão.

Moreira alerta para a importância de procurar um especialista assim que os primeiros sintomas aparecerem, principalmente por conta de a conjuntivite ser facilmente confundida com outras doenças, o que pode retardar o correto tratamento.

LIVRO CONTA HISTÓRIA DE BAIRRO ILHEENSE

Rezende, cercado pelo cenário que marcou sua vida

Rezende, cercado pelo cenário que marcou sua vida

Renata Smith – Agência Sebrae de Notícias

Quando os moradores do Pontal, em Ilhéus, decidiram transformar a localidade em um Bairro Criativo, uma condição tornou-se fundamental para o sucesso da empreitada: resgatar a história do bairro e relembrar os seus personagens e “causos” mais marcantes. A um integrante do grupo Movimento Pontalense de Cidadania – entidade idealizadora da iniciativa – foi destacada esta missão. José Rezende Mendonça é servidor público federal aposentado, mas uma figura experiente na arte da escrita, já que havia publicado dois livros sobre a comunidade do Pontal, bairro onde nasceu e que começou em 1875 com a chegada dos primeiros pescadores.

“A integração ao Projeto de Economia Criativa do Pontal, a parceria com o Sebrae e o estímulo que a entidade me deu foram fundamentais para este novo projeto, muito mais completo, a minha melhor obra. Voltei a escrever sobre o bairro através do que vivenciei e do que foi contado por outros moradores, amigos mais velhos, pessoas que trazem a história dentro de si”, revelou Mendonça.

O livro “Pontal entre o passado e o presente” foi lançado na noite de terça-feira, 25, no salão de festas da Igreja São João Batista, na praça principal do bairro. Ele resume em 42 capítulos, fatos e fotos sobre a comunidade local. Além de uma coletânea das duas primeiras publicações do autor, a obra traz textos inéditos sobre o Pontal. No livro, é possível encontrar narrativas que vão desde a chegada dos primeiros marinheiros até os dias atuais, passando por histórias sobre os nomes de ruas, praças, casas noturnas e restaurantes, com contos muitas vezes vivenciados pelo próprio autor. “Neste livro faço a narrativa a partir dos dias de hoje, mostrando um bairro cheio de potencialidade, mas fazendo um rico e instigante passeio pelo passado”, explicou o autor.

:: LEIA MAIS »

CARNAVAL TERÁ CENTRO DE GESTÃO DE EMERGÊNCIAS

O Centro Integrado de Gestão de Emergências (Cige) se destaca como novidade em segurança, este ano, no Carnaval de Salvador. A unidade é a nova formação do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que nos carnavais passados funcionava na sede da Superintendência de Inteligência (SI) da Secretaria da Segurança Pública (SSP), no bairro de Ondina.

Segundo o governo, o Cige, instalado no Parque Tecnológico da Bahia, na Avenida Paralela, tem capacidade para abrigar mais profissionais e equipamentos e atender às necessidades de segurança pública e defesa civil no estado, durante grandes eventos. O principal objetivo é otimizar o atendimento à população e agilizar providências, como o acionamento de patrulhas e ambulâncias.

No total, 60 colaboradores de instituições públicas e privadas, entre as quais Marinha, Exército, Aeronáutica, secretarias da Saúde (Sesab) e de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), polícias Militar, Civil e Técnica, Coelba, Embasa, Defesa Civil (estadual e municipal), Guarda Municipal e Transalvador, vão trabalhar nos sete dias de festa.

FGTS: STJ SUSPENDE AÇÕES QUE QUESTIONAM ÍNDICE DE CORREÇÃO

Agência Brasil

O ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou hoje (26) a suspensão de todas as ações em tramitação na Justiça Federal que contestam a correção do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS pela Taxa Referencial (TR). Segundo o STJ, a decisão terá impacto em mais de 50 mil ações em todo o país.

Gonçalves determinou que os processos sobre o tema fiquem parados até que o tribunal resolva a controvérsia sobre o assunto. A questão sobre o índice de correção que a Caixa Econômica Federal deve aplicar na correção do FGTS tem gerado decisões conflitantes em todo o Judiciário. Em algumas decisões, juízes de primeira instância têm entendido que a TR não pode ser usada para correção e determinam que a Caixa adote o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial da inflação, com cotação superior.

Com o FGTS, criado na década de 1990, o empregador deposita todo mês o valor correspondente a 8% do salário do empregado. O valor pode ser sacado pelo empregado em caso de demissão sem justa causa ou para comprar a casa própria, por exemplo.

STF RETOMA HOJE JULGAMENTO DE EMBARGOS

Ministros se estranharam no plenário

Ministros se estranharam no plenário

Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma agora de manhã a votação dos embargos interpostos na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Em sessão extraordinária, o plenário da Corte dará prosseguimento à votação, suspensa ontem (26) com o placar parcial de 4 votos a 1 pela aceitação dos embargos infringentes, que favorece os réus acusados de formação de quadrilha.

O relator dos pedidos de embargo, ministro Luiz Fux, votou pela manutenção da pena definida no julgamento de 2012, por entender que os condenados formaram quadrilha para viabilizar o esquema de compra de parlamentares. O ministro mais novo do STF, Luís Roberto Barroso, contraargumentou, porém, que o tribunal “exacerbou” na pena para os crimes de formação de quadrilha para evitar prescrição.

A posição de Barroso foi seguida, de imediato, pelos ministros Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia e Dias Toffoli, que reafirmaram o entendimento expresso no julgamento principal, em 2012, pelo não conhecimento do crime de formação de quadrilha ou bando, no caso da Ação Penal 470. Mas o voto formal dos três só será dado hoje.




novembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia