WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Contran’

MULTAS DE TRÂNSITO PODERÃO SER PAGAS EM PARCELAS E COM CARTÃO DE CRÉDITO

O parcelamento poderá englobar uma ou mais multas de trânsito. Foto: Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Agência Brasil

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (18) resolução que altera a forma de pagamento das multas de trânsito e demais débitos relativos aos veículos. A partir de agora, os pagamentos poderão ser feitos em parcelas, por meio de cartão de crédito. Cartões de débito também poderão ser utilizados para pagamentos integrais.

O conselho aponta que a medida objetiva aperfeiçoar o processo de cobrança e quitação de débitos. O parcelamento poderá englobar uma ou mais multas de trânsito. O órgão de trânsito receberá o valor integral no momento da operação e, então, procederá com a regularização do veículo.

Caso a divisão do valor em parcelas gere cobrança de juros, o acréscimo deverá ficar a cargo do titular do cartão, que deve ter acesso a informações sobre custos operacionais antes da efetivação da operação de crédito. Já as operadoras arcarão com possíveis atrasos. :: LEIA MAIS »

USO FACULTATIVO DE EXTINTOR JÁ ESTA VALENDO PARA AUTOMÓVEIS

foto-extintordeincendio_destaqueO uso de extintor de incêndio em automóveis passa a ser optativo no Brasil. A decisão comunicada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), na manhã de ontem, passou a valer nesta sexta-feira (18) em todo país. A mudança na legislação ocorre após 90 dias de avaliação técnica e consulta aos setores envolvidos, e torna facultativo, também, em utilitários, camionetas, caminhonetes e triciclos de cabine fechada.

O equipamento será obrigatório para todos os veículos utilizados comercialmente para transporte de passageiros, caminhões, caminhão-trator, micro-ônibus, ônibus e destinados ao transporte de produtos inflamáveis, líquidos e gasosos. A obrigatoriedade do uso do equipamento foi estabelecida em 1968 e passou a vigorar em 1970.

Estudos e pesquisas realizadas pelo Denatran constataram que as inovações tecnológicas introduzidas nos veículos resultaram em maior segurança contra incêndio. Entre as quais, o corte automático de combustível em caso de colisão, localização do tanque de combustível fora do habitáculo dos passageiros, flamabilidade de materiais e revestimentos, entre outras.

Nos Estados Unidos e na maioria das nações europeias não existe a obrigatoriedade, pois as autoridades consideram a falta de treinamento e despreparo dos motoristas para o manuseio do extintor geram mais risco de danos à pessoa do que o próprio incêndio.

As autoridades de trânsito ou seus agentes deverão fiscalizar os extintores de incêndio, nos veículos em que seu uso é obrigatório. A punição para quem não estiver com extintor ou se estiver com validade vencida, é de multa de R$ 127,69, além de cinco pontos na carteira de habilitação.

Sorry. No data so far.




outubro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia