WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘incêndio’

INCÊNDIO NO CT NINHO DO URUBU MATA 10 ATLETAS DA BASE DO FLAMENGO

Instalações retorcidas pelo fogo no CT do Flamengo. Foto: Reprodução/TV Globo

Jovens atletas do Flamengo estão entre os dez mortos em um incêndio em um alojamento no Ninho do Urubu, na Zona Oeste do Rio, no início da manhã desta sexta-feira (8), conforme informações do G1.

O Fla-Flu deste sábado, válido pela semifinal da Taça Guanabara, deve ser adiado. O governador Wilson Witzel decretou luto oficial de três dias.

As chamas atingiram as instalações onde dormiam jogadores entre 14 e 17 anos que não residiam no Rio. Ainda não há identificação dos mortos. Os bombeiros chegaram a dizer que todos eram adolescentes, mas não há informações oficiais.

Às 9h50, a polícia chegou ao Ninho do Urubu para fazer a perícia. Um inquérito foi instaurado na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) para apurar as causas do desastre.

De acordo com um funcionário que trabalha no setor administrativo da base do Flamengo, os meninos seriam transferidos do local onde estavam alojados na semana que vem. Segundo ele, a base do clube migrou para onde era o profissional e já estava em processo de mudança.

CARRO DO SEDEX É INCENDIADO EM ILHÉUS

Correios classificou o incêndio como um ato de vandalismo. Polícia Federal investiga caso. Foto: Arquivo pessoal

G1

Um carro do Sedex ficou destruído após ser incendiado em Ilhéus, na noite de quinta-feira (24). Ninguém ficou ferido na ação.

De acordo com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), proprietária do carro, o incêndio foi criminoso e ocorreu na Avenida Dois de Julho, próximo a agência dos Correios da cidade. Ainda não há informações sobre quantas pessoas participaram da ação.

O veículo estava do lado de fora da agência, porque não existe estacionamento no local. Ainda segundo a empresa, não havia encomendas no carro.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiram apagar as chamas. ão há informações sobre feridos. A Polícia Militar também foi acionada por populares, mas não identificou suspeitos.

INCÊNDIO ATINGE LOJAS NO CENTRO DE ITABUNA

Incêndio que começou em depósito de loja se alastrou atingindo outros imóveis. Foto: Montagem/WhatsApp

Um incêndio atingiu uma loja de artigos e roupas infantis na tarde deste domingo (11), no Calçadão da Ruy Barbosa, centro de Itabuna. As causas ainda são desconhecidas.

Por volta das 15h30, a fumaça podia ser vista de várias partes da cidade. Segundo informações, o fogo começou no depósito de materiais de construções, que fica no primeiro andar na Avenida do Cinquentenário e se alastrou para loja de artigos infantis, no Calçadão. Proprietários de estabelecimentos vizinhos também foram às pressas para o local retirar mercadorias, que corriam risco de serem atingidas.

Os bombeiros tiveram dificuldade por conta do acesso à loja onde o fogo começou e o hidrante próximo ao local estava seco. Equipes contaram com o reforço de caminhões pipa para reabastecer as viaturas. As chamas foram controladas por volta de 2h30 depois do início. Ninguém ficou ferido.

A Defesa Civil deverá fazer uma avaliação dos imóveis atingidos.

GRUPO DE BRIGADISTAS DA DEFESA CIVIL NACIONAL JÁ ESTÁ NA CHAPADA

Grupo de brigadistas vai reforçar o combate ao incêndio na Chapada. (Foto Amanda Oliveira/GOVBA)

Grupo de brigadistas vai reforçar o combate ao incêndio na Chapada. (Foto Amanda Oliveira/GOVBA)

Uma equipe formada por 44 bombeiros militares do Distrito Federal já está na Chapada Diamantina para apoiar as ações de combate aos incêndios na região. O grupo chegou no Aeroporto de Lençóis, na tarde desta terça-feira (15), a bordo de um avião Hércules das Forças Armadas. Sua atuação na luta contra o fogo é resultado da articulação da Casa Civil do Estado, por meio da Defesa Civil baiana, com a Defesa Civil Nacional.

Para reforçar o combate ao fogo, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) contratou mais dois helicópteros, um deles começou a atuar na cidade de Jacobina ainda na tarde de ontem. Foram investidos, também pelo governo estadual, R$ 500 mil na compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e de combate ao fogo, como luvas, máscaras, abafadores, mochilas costais, facões, foices, pás, enxadas e fardamento. Uma parte do material foi entregue para brigadistas voluntários ontem (14) no grupamento do Corpo de Bombeiro de Lençóis.

Atualmente, a operação coordenada pelo programa Bahia Sem Fogo, do Governo do Estado, conta com 106 bombeiros militares, 40 brigadistas, oito peritos, quatro veículos tracionados (4×4), cinco helicópteros e seis aviões modelo air tractors (capazes de transportar até 3,8 mil litros d´água).

“É importante a parceria de todos para que, juntos, possamos ter maior efetividade nas ações de combate. Toda a estrutura (aeronaves, equipamentos e veículos) está sendo utilizada para fortalecer esse trabalho. Atuamos conjuntamente com outros órgãos e instituições”, afirmou o titular da Sema, Eugênio Spengler, que conta com a atuação na região dos órgãos do Governo Federal.

GOVERNO REFORÇA EQUIPE DE BRIGADISTAS E ENVIA MAIS DOIS HELICÓPTEROS À CHAPADA

Brigadistas combatem incêndio na Chapada. (Foto: Maj BM Vianey/Corpo de Bombeiros Militar)

Brigadistas combatem incêndio na Chapada. (Foto: Maj BM Vianey/Corpo de Bombeiros Militar)

Uma equipe formada por 47 brigadistas da Defesa Civil deve chegar à região da Chapada Diamantina nesta quarta-feira (16), após articulação feita pela governo do Estado, através da Casa Civil, para ampliar a ação de combate aos incêndios que atingem a região.

No domingo (13), a Justiça Federal concedeu liminar estabelecendo um prazo de 48 horas para que o governo executasse as novas medidas.

Já na segunda-feira (14), a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) contratou mais dois helicópteros para utilização na luta contra o fogo na Chapada. O primeiro chegou à cidade de Jacobina ainda na tarde de ontem e o outro tem previsão de iniciar a operação hoje.

Foram investidos, também pelo governo estadual, R$ 500 mil na compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e de combate ao fogo, como luvas, máscaras, abafadores, mochilas costais, facões, foices, pás, enxadas e fardamento. O material foi entregue para brigadistas voluntários neste domingo (13) no grupamento do Corpo de Bombeiro de Lençóis.

Atualmente, a operação coordenada pelo programa Bahia Sem Fogo, do Governo do Estado, conta com 60 bombeiros militares, 40 brigadistas, 8 peritos, quatro veículos tracionados (4×4), cinco helicópteros e seis aviões modelo air tractors (capazes de transportar até 3,8 mil litros d´água).

“É importante a parceria de todos para que juntos possamos ter maior efetividade nas ações de combate. Toda a estrutura (aeronaves, equipamentos e veículos) está sendo utilizada para fortalecer esse trabalho. Atuamos conjuntamente com outros órgãos e instituições”, afirmou o titular da Sema, Eugênio Spengler, que conta com a atuação na região dos órgãos do Governo Federal.

JUSTIÇA DÁ PRAZO PARA NOVAS MEDIDAS DE COMBATE A FOGO NA CHAPADA DIAMANTINA

Fogo atinge região de Lençóis. Foto: Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis

Fogo atinge região de Lençóis. Foto: Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis

O governo da Bahia e a União terão que garantir o fornecimento de equipamentos e pessoal para o combate aos incêndios que atingem a Chapada Diamantina há 40 dias. A liminar foi deferida neste domingo (13), pelo juiz federal plantonista Leonardo Pauperio, em atendimento parcial a ação civil pública ajuizada pelas Defensorias do Estado e da União. As medidas deverão ser cumpridas até às 8h da próxima quarta-feira (16), sob pena de multa diária de R$ 10 mil, além da responsabilização dos agentes que se recusarem a atender a sentença.

A ação civil pública foi apresentada com pedido de tutela de urgência no que se refere ao fornecimento de equipamentos de proteção individual, aeronaves, veículos, dentre outros. O juiz federal, em sua liminar, determinou a disponibilização de cinco veículos para deslocamento de tropas; 400 kits de combate a incêndio com materiais de proteção individual; apoio aéreo de pelo menos quatro helicópteros; 30 brigadistas; além da manutenção das medidas até o fim da operação de rescaldo.

Ao tomarem conhecimento no sábado (12) de que o fogo já estava atingindo comunidades locais, com grave risco de alcançar a zona urbana de Lençóis nas próximas horas, a unidade da Defensoria Pública da União na Bahia e a Defensoria Pública do Estado entenderam pela necessidade emergencial de ajuizamento de uma ação civil pública, requerendo a atuação imediata do estado e da União no fornecimento de material e pessoal essenciais ao controle do fogo na Chapada Diamantina. Os defensores públicos pretendem ir à região nos próximos dias para verificar a situação da comunidades e o cumprimento da liminar.

HISTÓRICO

O incêndio na Chapada Diamantina começou em novembro, quando a região recebeu equipes para controle. Em razão de chuvas, o fogo foi controlado, tendo sido a equipe desmobilizada antes do procedimento de rescaldo (monitoramento das áreas). Porém, nessa semana, o fogo voltou a se alastrar na Chapada, sem que o governo do estado e União tenham fornecido pessoal e equipamentos necessários ao seu combate efetivo, de acordo com os defensores.

GOVERNO ATUA NO COMBATE A INCÊNDIOS NA CHAPADA E NO OESTE

As chamas que desde o último dia 11 atingem o Parque Nacional da Chapada Diamantina, que completa 30 anos nesta quinta-feira (17), estão controladas em algumas áreas. O trabalho integrado entre Governo do Estado, através do Programa Bahia Sem Fogo, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio – Governo Federal), órgão gestor do parque, brigadistas voluntários e prefeituras municipais conseguiu controlar as chamas em Mucugê. Alguns focos de incêndio ainda permanecem, nesta quinta-feira, no Vale do Capão e na Serra do Garapá, em Andaraí. Até o momento, a extensão do fogo atingiu o equivalente a 4.900 campos de futebol.

Para combater o fogo, o governo enviou 23 bombeiros militares de Salvador e Simões Filho e um helicóptero para fazer o transporte da equipe que atua em locais de difícil acesso, como serras e vales. Participam dos trabalhos ainda 30 brigadistas do ICMBio e 20 voluntários. Dois aviões do ICMBio, que ficam na base de operações no Aeroporto de Lençóis, são acionados sempre que necessário para jogar água nos locais onde as chamas atingem maiores proporções.

INCÊNDIO NO PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DIAMANTINA JÁ DURA 5 DIAS

O incêndio atinge o Parque Nacional da Chapada Diamantina já dura 5 dias.

O incêndio que atinge o Parque Nacional da Chapada Diamantina já dura cerca de 5 dias.

O incêndio que atinge o Parque Nacional da Chapada Diamantina, na Bahia, já destruiu 9 mil hectares da unidade de conservação, informou o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Segundo o órgão, o fogo atinge áreas de difícil acesso, o que complica o trabalho dos brigadistas.

Dois aviões air tractor e um grupo de brigadistas da Floresta Nacional Contendas do Sincorá, também na Bahia, deverão se juntar à equipe de campo no combate às chamas. Os focos de incêndio, nas regiões de Andaraí e Gerais dos Vieira, começaram no fim de semana.

No domingo (13), um incêndio próximo ao Vale do Capão, na região de Gerais dos Vieiras, chegou a ser controlado, mas novos focos foram identificados, obrigando as equipes de combate a incêndios a permanecerem no local. De acordo com o ICMBio, nesta terça-feira, com a falta de chuva e o vento forte, o fogo se alastrou. Aviões e novas brigadas deverão reforçar os trabalhos.

Em Andaraí, o incêndio começou na sexta-feira (11). Segundo o ICMBio, o fogo atinge área de difícil acesso, espalhando-se pela vegetação que fica em canais profundos entre rochas. Para o combate às chamas, é preciso o apoio de aeronaves.

Outro foco de incêndio na unidade de conservação foi controlado domingo no município de Mucugê. A polícia investiga a possibilidade de o incêndio ser criminoso. A área continua monitorada para evitar o reaparecimento de novos focos.

Agência Brasil

BARRACOS SÃO INCENDIADOS NA VILA DA PAZ, BR 415

Incêndio pode ter sido provocado por um fogão a lenha. Foto enviada via WhatsApp

Incêndio pode ter sido provocado por um fogão a lenha. Foto enviada via WhatsApp

Um incêndio no início da tarde desta segunda-feira (14) na Vila da paz, saída de Itabuna para Ilhéus, BR-415 deixou várias famílias desabrigadas. Cerca de seis barracos foram incendiados.

De acordo com um dos moradores da localidade que também teve seu barraco atingido, o incêndio foi causado por um fogão a lenha. Uma moradora teria deixado a comida no fogo e saído de casa, quando retornou o fogo já havia se alastrado.

O corpo de bombeiros foi acionado para controlar as chamas. Não há informações de feridos, mas muitas vítimas perderam todos os seus pertences.

 

VÍDEO FLAGRA AÇÃO DE BANDIDOS QUE INCENDIARAM CARRO DA EMTRAN

Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento em que três homens destruíram um veículo da Escola Municipal de Trânsito de Itabuna (Emtran). O crime foi cometido na noite desta quarta-feira, 13 (confira aqui).

Antes de destruir o carro, um dos bandidos atirou uma pedra contra o prédio da escola. Um dos instrutores e uma aluna que se encontravam no estabelecimento ouviram o barulho e chegaram a pensar que fosse um disparo de revólver.

Segundo informações, o instrutor havia encerrado as atividades e foi até a escola para validar a última aula. Foi nesse momento que ocorreu o ataque.

Assista ao vídeo:

Dinheiro salvo

O instrutor havia deixado R$ 1 mil no carro, dentro de uma Bíblia. Ele sacou o dinheiro hoje mesmo, para pagamento da fatura do cartão de crédito. Embora o fogo tenha destruído completamente o carro, as cédulas não foram atingidas pelas chamas.

Dinheiro guardado dentro de uma Bíblia não foi atingido pelas chamas

Dinheiro guardado dentro de uma Bíblia não foi atingido pelas chamas

Sorry. No data so far.




fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia