busca por data
junho 2017
D S T Q Q S S
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
mais buscados

:: ‘trânsito’

SETTRAN ANUNCIA INTERVENÇÕES NO TRÂNSITO PARA O CARNAVAL DE ITABUNA

Trânsito nas Avenidas Aziz Maron e Mário será bloqueado para veículos.

Trânsito nas Avenidas Aziz Maron e Mário Padre será bloqueado.

Em função da realização do Carnaval Antecipado de Itabuna, programado para o período de 10 s 12 de fevereiro, a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Settran) está implementado mudanças no tráfego de veículos no circuito oficial da folia – as avenidas Aziz Maron e Mário Padre – bem como nas suas transversais, ruas e avenidas paralelas. As alterações incluem o fechamento de vias, deslocamento do itinerário de ônibus do transporte coletivo e dos acessos aos bairros próximos ao local da festa.

Segundo o secretário titular da Settran, Cláudio Dourado, durante reunião entre técnicos da Secretaria e a Comissão Organizadora do Carnaval, ficou definido como irá funcionar o trânsito nestas vias e a atuação dos agentes de trânsito para garantir a seguranças de transeuntes e motoristas que estarão circulando durante o período da festa nas proximidades do circuito.

Dourado informou que uma equipe da Settran já cadasatrou os moradores das avenidas Aziz Maron, Mário Padre e Félix Mendonça, além de ruas transversais, que precisam utilizar veículos nestas vias para ter acesso às suas residências. Ele destaca que estes moradores terão seus veículos identificados com adesivos de trânsito livre.

BARREIRAS

As intervenções no trânsito no Circuito do Carnaval serão feitas com o instalação de barreiras no seguintes pontos: no acesso à Ponte do Marabá; na Avenida Aziz Maron (proximidades da Escola Interativa); na Avenida Félix Mendonça (próximo ao Almoxarifado da Secretaria de Saúde); nas acessos aos circuito pelos bairros Góes Calmon e Conceição – ruas Gileno Amado, Rio de Contas, Cassemiro Rego, João Teles, Epinal, Aurora e travessa Santo André.

Além do controle do tráfego de veículos, a Settran irá desviar o acesso aos bairros da Conceição, Góes Calmon e adjacências, que será feito a partir da Ponte Calixto Midlej Filho, ou através da Avenida Roberto Santos, durante o horário da folia. A interdição nas área do circuito acontecerá na sexta-feira (10), a partir das 15 horas, e no sábado e domingo (11e 12 ) o fechamento será a partir das 13 horas.

ITABUNA RECEBE CARAVANA DO DETRAN

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O projeto começa nesta segunda-feira (17) e consiste em ações de fiscalização em todas as empresas credenciadas ao Órgão no município, como autoescolas, clínicas, vistorias particulares e fábrica de placas. A Caravana estará na cidade até a sexta-feira (21).

Serão também realizadas palestras em escolas públicas, blitzes educativas e coercitivas visando fiscalizar as condições de trafegabilidade dos veículos que transitam na cidade e documentação dos condutores, acompanhamento da rotina administrativa da Ciretran também faz parte das ações da equipe, além de retiradas de carros abandonados nas ruas da cidade e fiscalização nos ferros velhos.

PREFEITURA PEDE AUTORIZAÇÃO À CÂMARA PARA LICENCIAR MOTOS DE 50 CILINDRADAS EM ITABUNA

Cinquentinha

Motos de 50 cilindradas serão regulamentadas em Itabuna. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Itabuna encaminhou projeto de lei à Câmara de Vereadores para regulamentar o uso de motocicletas de até 50 cilindradas. Mais conhecidas como cinquentinhas essas motos atualmente circulam no município em desacordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e Portarias do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

O projeto tem objetivo de garantir mais segurança para os próprios condutores dos veículos de pequena potência e para quem diariamente transita pelas ruas e avenidas do centro e dos bairros de Itabuna. A regulamentação vai possibilitar que usuários das motocicletas de 50 cilindradas estejam mais preparados para trafegar com mais segurança.

A falta de uma lei que estabeleça o controle e fiscalização desses veículos tem possibilitado a qualquer pessoa pilotar as pequenas motocicletas, sem usar os equipamentos de segurança, como capacete, o que aumento os riscos de invalidez e morte dos usuários no caso de acidente. Nos últimos anos as cinquentinhas se espalharam pelas ruas de Itabuna e são conduzidas por adolescentes e até crianças, muitas delas com autorização dos pais. :: LEIA MAIS »

ZONA AZUL PODE GERAR ATRITO

zona-azulUm projeto de lei de autoria do executivo municipal pretendia ampliar a área da Zona Azul em Itabuna, além de criar novas multas e situações em que motoristas poderiam ter seus veículos recolhidos pela Secretaria de Trânsito.

Com dificuldades para aprovar a matéria na Câmara, o governo optou por retirar o projeto e há rumores de que tentará disciplinar a Zona Azul por decreto.

Se o caminho escolhido realmente for esse, é líquido e certo que haverá um conflito entre executivo e legislativo municipais. Vereadores já perceberam a estratégia, que veem como uma tentativa de atropelar as prerrogativas da Câmara.

MUDANÇAS NO TRÂNSITO EM ITABUNA

Roberto JoséEm entrevista, na manhã desta terça (28), no Programa Show do Jota Silva, na Rádio Jornal de Itabuna, o secretário de transporte e trânsito, Roberto José, falou sobre as ações da Secretaria e alterações no trânsito de Itabuna.

As principais mudanças aconteceram na Avenida Juracy Magalhães , onde três cruzamentos, considerados pontos críticos, foram fechados.

O secretário garantiu que novas intervenções serão feitas na Avenida Aziz Maron, na rotatória do São Caetano e na Avenida Ilhéus.

LICITAÇÃO

O presidente da Câmara Aldenes Meira também esteve presente. Segundo ele, o projeto para abertura de uma nova licitação no transporte coletivo, enviado pelo prefeito Claudevane Leite, tramita nas comissões da Câmara, fase em que deverão ocorrer as audiências públicas.

Aldenes disse, também, que a proposta de meia passagem aos domingos volta a ser discutida. Ele parabenizou a atuação do secretário Roberto José à frente da Settran.

SETTRAN FECHA MAIS UM CRUZAMENTO NA JURACY MAGALHÃES

Cruzamento apresentava alto índice de acidentes (foto Wilson Oliveira / Secom-PMI)

Cruzamento apresentava alto índice de acidentes (foto Wilson Oliveira / Secom-PMI)

A Secretaria de Transportes e Trânsito de Itabuna fechou o segundo cruzamento na Avenida Juracy Magalhães em menos de um mês. Dessa vez, foi eliminada a intercessão da avenida com as ruas Floriano Peixoto e Francisco Benício, onde fica o supermercado Meira.

De acordo com a Secretaria, a medida faz parte de um conjunto de intervenções que visam à melhoria do tráfego. Os cruzamentos fechados apresentam registro de alto índice de acidentes, inclusive com vítimas fatais.

Segundo o titular da Settran, Roberto José da Silva, haverá outras modificações na Juracy Magalhães, incluindo a implantação de uma rotatória no final da avenida. A conclusão de todo o projeto está prevista para os próximos 15 dias, dependendo apenas da remoção de um poste da operadora Oi nas proximidades do acesso à Vila das Dores. Outros três postes foram realocados pela Coelba.

VEREADOR QUER ESCLARECIMENTO SOBRE TAXA DE GUINCHO

Magal guincho IsaacO vereador Fábio Magal (PSC), de Ilhéus, abriu mais uma frente de batalha contra o governo Jabes Ribeiro (PP). Depois de entrar na justiça para garantir o direito de ter seus pedidos de informação respondidos pela administração, Magal apresentou requerimento para que o secretário de Desenvolvimento Urbano, Isaac Albagli, forneça detalhes sobre o funcionamento do serviço de guincho na cidade.

Entre outras informações, o vereador deseja saber como foi firmado o contrato com a empresa que presta o serviço e que critérios foram utilizados para definir os valores cobrados dos proprietários que têm seus veículos rebocados. Além de pagar a taxa do guincho, os donos de carros e motos recolhidos também são cobrados pela guarda dos veículos em um depósito particular.

Magal diz que tem recebido queixas de motoristas e motociclistas que consideram as taxas abusivas. O governo ainda não se pronunciou sobre o assunto.

ITABUNA TEM NOITE VIOLENTA NO TRÂNSITO

Acidentes e morte no trânsito marcaram a noite de ontem (24), em Itabuna. Por volta das 20h30, um motociclista colidiu com um Audi A3, na Avenida Aziz Maron, e acabou morrendo. Pouco depois, o motorista de um caminhão bateu em um ônibus na Avenida Fernando Cordier.

O motociclista, identificado como Diego Souza – o “Diego da Telexfree” – chegou a ser atendido por uma unidade avançada do Samu, mas não resistiu depois de sofrer duas paradas cardíacas.

Já na Fernando Cordier, o motorista do caminhão Mercedes-Benz perdeu o controle do veículo e atingiu um ônibus da empresa Rio Cachoeira, que se encontrava no ponto de passageiros. A suspeita é de que houve quebra da barra de direção, mas felizmente ninguém se feriu.

Com informações do Pimenta

SETTRAN CORRIGE ERRO DA DOM PARKING

O Bahia 24 Horas denunciou no último sábado, 21, um abuso da empresa Dom Parking, que demarcou uma vaga de estacionamento bem em frente a uma rampa para cadeirantes na Praça Laura Conceição (confira aqui). Após a publicação, o titular da Secretaria de Transportes e Trânsito (Settran), Roberto José da Silva, determinou a imediata identificação do acesso, retirando a sinalização da empresa que opera o sistema de estacionamento rotativo.

Assim como o erro da administração pública deve ser denunciado, a diligência na resposta precisa ser destacada. Está de parabéns o secretário Roberto José, que neste fim de semana também acabou com outro absurdo no trânsito de Itabuna: a perigosíssima intercessão entre a Avenida Juracy Magalhães e a Rua São Sebastião, que se tornou conhecida como “cruzamento da morte”.

São ações simples e pontuais, mas demonstram que o gestor do trânsito está atento aos apelos da comunidade.

marcacao vaga

SETTRAN QUER REGULAMENTAR “CINQUENTINHAS

Intenção é reduzir acidentes envolvendo as motonetas

Intenção é reduzir acidentes envolvendo as motonetas

A circulação de motonetas de 50 cilindradas, as populares “cinquentinhas”, deverá ser regulamentada em Itabuna. De acordo com o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Roberto José da Silva, a intenção é estabelecer regras com o objetivo de reduzir o grande número de acidentes registrados com esse tipo de veículo na cidade.

Para enquadrar as cinquentinhas, Roberto José pretende copiar a experiência de Vitória da Conquista, que já disciplinou o uso das motonetas. Nesta sexta-feira, 20, o titular da Settran viajou para uma conversa inicial com o secretário de Mobilidade Urbana da cidade do sudoeste baiano, Luís Alberto Sellmann.

O objetivo é estabelecer um acordo de cooperação e iniciar os trabalhos no final de abril ou início de maio. “Se queremos uma cidade mais segura, então não podemos nos esquecer de nenhum aspecto da segurança no trânsito e, em Itabuna, temos um índice grande de acidentes com as cinquentinhas”, afirma Roberto José.

DOM PARKING INDUZ MOTORISTA AO ERRO

Dom Parking mantém vaga fora de lugar

Dom Parking mantém vaga fora de lugar

A empresa Dom Parking, que explora o sistema de estacionamento rotativo em Itabuna, não tem atentado para o necessário respeito à acessibilidade.

Na Praça Laura Conceição, em frente à Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), a contratada da Settran demarcou uma vaga de estacionamento em frente a um ponto destinado ao acesso de cadeirantes.

Intrigado com a situação, o advogado Marcos Alpoim fez uma postagem no Facebook, observando que a Dom Parking cobra pela vaga e ainda submete o motorista ao risco de levar uma multa por desrespeitar o Código de Trânsito, ao estacionar em local indevido.

Coisas de Itabuna…

RADARES JÁ OPERAM PRA VALER EM ITABUNA

radar itabuna

O sistema eletrônico de controle de velocidade no trânsito de Itabuna já está funcionando de verdade. Ou seja, com emissão de multa para os infratores.

Em duas avenidas – a J.S. Pinheiro e a Amélia Amado -, os radares operavam em fase de testes e até ontem não havia emissão de multa. A partir de hoje (14), quem ultrapassar o limite de velocidade naquelas vias, que é de 50 km/h, vai sentir no bolso.

O sistema também já opera a todo vapor nas avenidas Princesa Isabel, próximo à Prefeitura, e Aziz Maron, nas imediações do Shopping Jequitibá.

AÇÕES PONTUAIS NÃO BASTAM

acidente

Demorou para a Secretaria de Trânsito de Itabuna decidir fechar o cruzamento entre a Avenida Juracy Magalhães e a Rua São Sebastião, o mal-afamado “cruzamento da morte”.

Ter essa denominação seria suficiente para que o órgão responsável pela ordenação do trânsito acabasse há muito tempo com aquela roleta russa na via pública, mas por aqui a lógica que impõe decisões administrativas corretas nem sempre se materializa na urgência das ações.

Quantos acidentes precisaram acontecer até o governo acordar? Quantas pessoas perderam a vida ou sofreram lesões graves?

Fechar o cruzamento assassino é uma medida acertada, mas é preciso reconhecer que a Settran não pode se limitar a isso. O trânsito em Itabuna precisa ser repensado de maneira orgânica, sem que os respeitáveis gestores fiquem apenas nas ações pontuais.

No período em que a Secretaria esteve sob o comando do delegado Clodovil Soares, houve alguns avanços, principalmente com a melhoria da sinalização e criação de ciclofaixas. Estas podem não ser as melhores, mas é o que se pode oferecer em uma cidade estrangulada, que nunca teve planejamento.

Essa falta de visão de longo prazo que acometeu sucessivas administrações sempre criará dificuldades para providências de maior envergadura, mas – se queremos uma cidade verdadeiramente melhor (o que inclui um trânsito civilizado) – é preciso ter coragem e ousadia para pensar grande.

A mudança verdadeira exige oferecer mais espaço para os pedestres, ciclistas e o transporte coletivo, desestimular cada vez mais o uso do carro particular e desenvolver campanhas permanentes de educação no trânsito, entre outras ações. Sem isso a cidade estará cada vez mais estrangulada, e não haverá medida cosmética que resolva isso.

CRUZAMENTO DA MORTE

acidente

Não existe qualquer justificativa para a Secretaria de Transportes e Trânsito de Itabuna manter aberto o cruzamento entre a Avenida Juracy Magalhães e a Rua São Sebastião que, pelo volume de acidentes, já recebeu o macabro apelido de “Cruzamento da Morte”.

Os acidentes praticamente diários constatados no local são motivo suficiente para fechar aquela interseção. Por que a Settran não o faz?

A ZONA AZUL E A CONTRAMÃO

zona azulItabuna implantou há algumas semanas o sistema de estacionamento rotativo, a chamada Zona Azul, que sempre desagradou a quase todo mundo, do flanelinha ao motorista. Essa resistência se reflete em setores da imprensa e da política.

Recentemente, um vereador estrilou porque foi notificado após estacionar seu veículo e, na volta, encontrar uma notificação da empresa Dom Parking, que gerencia o sistema. A tal notificação implica no pagamento de uma penalidade de R$ 15,00, da qual R$ 1,50 fica como pagamento pelo tempo estacionado e R$ 13,50 são convertidos em créditos para o proprietário do veículo.

Há controvérsias normais nessa fase inicial pós-implantação da Zona Azul, que de fato não é a melhor solução, mas é a alternativa possível. Itabuna, como até as garças da Ilha do Jegue sabem, é uma cidade que cresceu sem planejamento, com ruas estreitas e trânsito desorganizado. Junte-se a isso o enorme crescimento do número de veículos em circulação para se ter uma ideia do imbróglio.

Como a reengenharia não está ao alcance das possibilidades municipais, pelo menos no curto prazo, a saída indesejada, mas inevitável, é atingir o bolso dos proprietários de veículos. Na cidade, sempre foi hábito de muitos deixar seus carros praticamente o dia inteiro em vagas na Cinquentenário e adjacências. É a verdadeira privatização do espaço público, que em certa medida deixa de ocorrer com a cobrança da vaga.

O resultado dessa taxação apareceu logo, com a maior facilidade para estacionar. Refere-se aqui a quem vai ao Centro da cidade para resolver algo rapidamente e antes não conseguia um lugar para deixar o carro, já que os “donos” se assenhoravam de todos os espaços.

A chiadeira era previsível. O que não falta é gente querendo gozar do privilégio de fazer da porta da rua a serventia da casa; ou melhor, fazer da rua a extensão de suas propriedades privadas.

A última novidade parte da vereadora Valéria Moraes (PSC), que apresentou projeto para isentar motoristas com mais de 60 anos do pagamento da Zona Azul. Certamente, uma medida de grande alcance social, que “iguala” ricos e pobres. Não importa se o idoso é o humilde proprietário de um Fiat 147 ou um abastado empresário ou profissional liberal a bordo de seu carro importado. Teve mais de 60, estará liberado de pagar pela vaga.

Pode ser que a proposta, caso aprovada, até resulte no surgimento de um novo nicho no mercado de trabalho, com a contratação de motoristas sexagenários. Porém, brincadeiras à parte, não há dúvida de que se trata de mais uma ideia sem muito sentido.

Enquanto o benefício para os idosos no transporte coletivo é uma medida correta, pelo perfil do usuário do serviço, no caso do transporte particular a ideia se converte em benesse sem propósito. Melhor seria exigir ônibus de qualidade, com redefinição das linhas para melhor atender aos usuários, e estimular a mais pessoas a deixar o carro particular para o último caso. Sem isso, em pouco tempo nem a Zona Azul resolverá.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia