WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Wagner’

JOSÉ VIVALDO PODE ASSUMIR DIREÇÃO DA CEPLAC

Vivaldo Mendonça está a um passo de assumir o comando do órgão federal

Vivaldo Mendonça está a um passo de assumir o comando do órgão federal

Ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional da Bahia (CAR), José Vivaldo de Mendonça Filho é o nome mais cotado para assumir a direção-geral da Ceplac em Brasília.

A capacidade do ilheense como gestor foi destacada em sua passagem pela CAR e chamou a atenção de padrinhos poderosos.

Entre os caciques que defendem a indicação de Vivaldo, estão o governador Rui Costa, o ministro da Defesa Jaques Wagner e a secretária-executiva do Ministério do Planejamento, Eva Chiavon.

CAMPUS DA UFSB SERÁ NO SEMIANEL RODOVIÁRIO

Vane assina decreto de desapropriação da área destinada ao campus (foto Pedro Augusto)

Vane assina decreto de desapropriação da área destinada ao campus (foto Pedro Augusto)

Uma área de 52 hectares, no limite entre Ilhéus e Itabuna, será a sede definitiva da reitoria e do campus Jorge Amado da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

A desapropriação do terreno foi anunciada pelo prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, durante a aula inaugural da instituição de ensino, nesta segunda-feira (8). Participaram o governador Jaques Wagner, o ministro José Henrique Paim (Educação) e o reitor da UFSB, Naomar Almeida Filho.

A universidade está provisoriamente instalada em um imóvel que pertenceu à antiga rede de supermercados Messias, no bairro de Ferradas, com aluguel sob a responsabilidade do município. Já a futura sede fica no semianel rodoviário, que liga a BR-415 à BR-101.

A UFSB tem 720 alunos matriculados em bacharelados e licenciaturas interdisciplinares nos campi de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas. A instituição tem ainda atividades em colégios universitários instalados em Itabuna, Ilhéus, Coaraci, Ibicaraí, Itamaraju, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália e Teixeira de Freitas.

INVESTIMENTO NA PRODUÇÃO DE COCO GERA 4O0 EMPREGOS

Um projeto que envolve desde a plantação do coco até a industrialização de seus derivados resultou na geração de 400 novos empregos na Bahia, com previsão de 1000 postos de trabalho até o ano que vem. Em seu programa de rádio semanal ‘Conversa com o Governador’, Jaques Wagner destaca o empreendimento da Frysk Industrial, no município de Conde, litoral norte do Estado.

A Frysk inicia atividades na Bahia inovando na produção de coco e envase, e comercialização da água do fruto sem o uso de conservantes e aditivos. O projeto, que recebeu investimentos de R$ 200 milhões, tem apoio do Governo do Estado e beneficia pequenos agricultores da região.

“Esse projeto é extremamente inovador. A empresa vai produzir água de coco com um diferencial muito grande, que vem potencializar aquilo que já é uma marca da Bahia. Essa fábrica é tecnologia super avançada, não usa nenhum tipo de conservante, é praticamente a água do coco envasada e vai diretamente para o mercado”, afirma o governador, que visitou a indústria nesta segunda-feira (4).

CONVENÇÃO HOMOLOGA CANDIDATURA DE RUI COSTA

Lula convocou a militância a trabalhar pela vitória do correligionário (foto Divulgação)

Lula convocou a militância a trabalhar pela vitória do correligionário (foto Divulgação)

Em clima de festa, com a participação de mais de 10 mil pessoas no Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador, foram homologadas ontem (27) as candidaturas de Rui Costa a governador, de João Leão a vice e de Otto Alencar a senador. A presença da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula aumentou a animação de grupos organizados que foram à convenção.

O evento reuniu militantes, deputados, prefeitos e lideranças dos partidos que apoiam o nome de Rui Costa para o governo. As legendas que realizaram suas convenções nesta sexta foram o PT, o PP, o PDT, PSD, PCdoB e o PTB, restando ainda o PR formalizar seu apoio ao candidato petista.

Num discurso emocionado, Rui Costa desconsiderou as pesquisas de intenção de voto divulgadas até o momento e afirmou estar confiante em uma vitória sobre os adversários ainda no primeiro turno. Garantindo que os militantes foram à convenção “sem receber dinheiro e sim por amor, confiança e agradecimento aos benefícios recebidos durante as administrações do ex-presidente Lula, da presidente Dilma Rousseff e do governador Jaques Wagner”, Rui mencionou realizações do atual governo, como o Água para Todos, “que deu acesso à água potável, de boa qualidade, a 4 milhões de baianos”, além de cinco novas universidades federais na Bahia,  construção e recuperação de 8 mil quilômetros de estradas e a entrega de 180 mil residências próprias, até dezembro, pelo programa Minha Casa Minha Vida.

O candidato ao governo do Estado entregou à presidente Dilma Rousseff um exemplar do seu Programa de Governo Participativo, informando que ali estava o resultado da participação de mais de 50 mil pessoas de toda as regiões da Bahia, com as ações que pretende implementar, de forma prioritária, a partir de janeiro de 2015, caso vença as eleições.

ZUMBIS DA SAFADEZA

Trecho de artigo de Samuel Celestino, publicado hoje em A TARDE:

“(…) O que tem ocorrido é um crescimento da aliança de Paulo Souto, agora com 17 partidos e, naturalmente, consequência de uma fuga das legendas antes apoiadoras de Jaques Wagner e de Rui. Há outro fato, este próprio da atividade política sem ética: quando Jaques Wagner se elegeu e o carlismo se dispersou (foi quando o PFL desapareceu e surgiu o DEM) grande parte dos integrantes que viviam à sombra de ACM, num asqueroso puxa-saquismo, correu a se ajoelhar diante do novo governador.

Como são trânsfugas por natureza e porque desconhecem a ética na política – se é que existe ética na política -, agora eles fazem a viagem de volta: chegam aos borbotões procurando o ninho de outros tempos, que já não é o mesmo. O que conheciam ficou no passado. Chegam pendurados, muitas vezes, nos partidos neoaliados de Souto, esgueirando-se pelas sombras, pisando devagarzinho. O candidato certamente bem os conhece. Por dentro e por fora. Está mais do que na hora de fazer uma lavagem na política baiana, excluindo-os para que se tornem o que são: zumbis da safadeza (…)”.

 

ALMIRO POR UM FIO

almiro senaNota da coluna Raio Laser (Tribuna da Bahia) informa que o governador Jaques Wagner estaria inclinado a exonerar o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Almiro Sena (foto), depois que este foi acusado de cometer assédio moral e sexual.

O que salva Almiro até o momento é o receio do governo de que a exoneração implique em rompimento com o PRB, partido do secretário. Como a legenda está com os dois pés no governo (ainda), mas com os olhos encantados com o DEM de Paulo Souto, todo cuidado é pouco…

Fosse em outro momento, a essa altura Almiro já seria ex-secretário.

GOVERNO COCHILA, MAS EMPLACA ZEZÉU

Zezéu foi... por pouco

Zezéu foi… por pouco (foto Mateus Pereira)

O governador Jaques Wagner quase leva uma bola nas costas na noite desta quarta-feira (28), na Assembleia Legislativa. Em clima de traição, deputados da base deixaram de votar no deputado federal Zezéu Ribeiro (PT), indicado por Wagner para uma vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Em uma primeira votação, Zezéu teve apenas 27 votos, enquanto o deputado estadual Carlos Gaban (DEM) somou 28. Apesar da pequena vantagem, o número não é suficiente para fazer um conselheiro, cuja escolha exige maioria absoluta. Ainda assim, o susto para o governo foi grande.

Deputados da base, a exemplo da ilheense Ângela Sousa (PSD), ausentaram-se do plenário na hora da votação, dificultando a vida do governo. Ainda assim, na segunda tentativa Wagner conseguiu eleger Zezéu, pelo placar de 35 a 28. Vale lembrar que na segunda-feira (26), o governador esteve na AL para conversar com os deputados sobre a escolha dos conselheiros do TCE  e do TCM.

A quase derrota acende luz amarela na articulação política do governo. Ao que tudo indica, alguma coisa está fora da ordem.

WAGNER DIZ QUE ATOS DE VANDALISMO NÃO SERÃO TOLERADOS

WagnerCorreio

O governador Jaques Wagner afirmou que atos de vandalismo não serão aceitos durante a greve dos rodoviários, oficialmente decretada nesta terça-feira (27). O governador telefonou hoje para o prefeito ACM Neto, se colocando à disposição para colaborar na resolução do impasse com a categoria.

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) mobilizou por orientação do governador a Polícia Militar para que faça ações preventivas que assegurem a integridade física dos rodoviários que saírem das garagens e dos passageiros durante os itinerários.

“A PM irá atuar ainda nas investigações de denúncias sobre ocorrências em decorrência da greve. Não iremos tolerar atos de vandalismo, de depredação. A população e a cidade não podem ser penalizadas”, diz o governador em nota.

Leia mais

WAGNER VAI À AL APAGAR INCÊNDIO

jaques-wagnerA Tarde

Às 18 horas desta segunda-feira, 26, quando encerrar o prazo para inscrição dos candidatos que vão disputar as três vagas de conselheiro nos tribunais de contas do estado e do município, o governador Jaques Wagner (PT) estará de prontidão no gabinete do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo (PDT).

É da sala que fica no primeiro andar do prédio da Assembleia, no CAB, que Wagner vai receber, um a um, os deputados da sua base. Vai com a missão de apagar o foco de incêndio que aliados insatisfeitos ameaçam alastrar e, com isso, afastar o risco de não emplacar, na eleição secreta marcada para a quarta-feira, os nomes dos seus indicados: os deputados federais Mário Negromonte (PP), para o TCM, e Zezéu Ribeiro (PT), para o TCE. O outro indicado para o TCE é o deputado João Bonfim (PDT).

Leia mais

FUJA QUE O PREFEITO VEM AÍ

A coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, destaca a visita do governador Jaques Wagner, nesta quarta-feira (12), à cidade de Maracás. Lá, o primeiro mandatário baiano participa da inauguração da primeira mina de vanádio da América do Sul e certamente buscará faturar politicamente o feito.

O problema, segundo a coluna, é o prefeito João dos Anjos (PT). Com administração mal-avaliada, o gestor municipal – apesar de ser correligionário do governador – flerta com a oposição. Seus aliados estão de mãos dadas com a pré-candidatura de Paulo Souto (DEM) ao governo baiano.

GOVERNO QUER INCENTIVAR ECONOMIA CRIATIVA

Governador e ministra da Cultura na inauguração da incubadora (foto Alberto Coutinho / Gov.  BA)

Governador e ministra da Cultura na inauguração da incubadora (foto Alberto Coutinho / Gov. BA)

Inaugurado no final da manhã desta quarta-feira (14), em Salvador, pela ministra da Cultura, Marta Suplicy, e pelo governador Jaques Wagner, o terceiro escritório da Rede de Incubadoras Brasil Criativo vai desenvolver ações de apoio, capacitação e fomento a atividades de economia criativa no Forte do Barbalho, que passa a se chamar Forte Serviços Criativos. A previsão é que a incubadora ofereça 30 cursos e atenda 10 mil pessoas em um ano.

O governador destacou a utilização do forte que serviu de prisão e local de tortura de presos políticos durante a ditadura militar (1964-1985) e que passa por restauração para a nova finalidade. “Pela simbologia da criatividade e a liberdade, e por tudo que os regimes autoritários fazem contra essas liberdades, nada melhor que colocar aqui um espaço para incentivar aqueles que querem adentrar a economia por meio da criatividade, área que cresce muito no Brasil e na Bahia”.

Na unidade, os artistas, produtores e agentes culturais poderão participar de cursos e consultorias, além de contar com o apoio na elaboração de projetos e captação de recursos. As incubadoras são centros de inovação e empreendedorismo voltados para a promoção de interação multisetorial entre os agentes e instituições governamentais, bancos e universidades. Também são parceiras do programa entidades como o Senac e o Sebrae.

A HORA DA CABRUCA

Decreto dá definição legal à cabruca

Decreto dá definição legal à cabruca

COLUNA TEMPO PRESENTE (A TARDE)

Até a Semana do meio ambiente (início de junho), Jaques Wagner vai assinar o decreto que reconhece a cabruca (plantar cacau embaixo de árvores nativas) como reserva ambiental, iniciativa que abre as portas da região cacaueira para novos horizontes econômicos após a debacle da vassoura-de-bruxa.

A região do cacau, que nunca beneficiou o produto, já tem 19 indústrias de chocolate. Com o decreto, as terras vão valorizar, o que vai permitir aos proprietários pagar o que devem e contrair novos empréstimos.

A expectativa, segundo o diretor da Ceplac, Juvenal Maynart, é que o jogo vai virar.

WAGNER DESTACA REGULAMENTAÇÃO DA CABRUCA

Decreto dá definição legal à cabruca

Decreto dá definição legal à cabruca

O governador Jaques Wagner disse nessa segunda-feira (28), na FTC de Itabuna, que o decreto que vai regulamentar o sistema cabruca, dentro da Lei Ambiental da Bahia, será algo “inovador”. Wagner esteve na cidade para anunciar um pacote de obras de pavimentação.

Com o decreto, a cabruca passará a ter uma definição legal. “Estamos trabalhando nisso, negociando com produtores e o pessoal do meio ambiente. Será algo inovador, que vai permitir o aumento da produção de cacau e garantir a preservação”, afirmou Jaques Wagner.

A classificação da cabruca como sistema agrossilvicultural dará ao produtor condição para realizar um “manejo de sombra”, viabilizando maior entrada de luz nas plantações. Segundo os especialistas, esse manejo resulta em aumento de produção.

Esse é um dos pontos do projeto Conservação Produtiva, modelo de produção sustentável defendido pela Ceplac, que já está em teste no município de Barro Preto.

A minuta do decreto da cabruca, elaborada pela Ceplac e produtores regionais, está sob análise da Secretaria Estadual do Meio Ambiente.

PRESIDENTE DO TJ TOMA POSSE COMO GOVERNADOR

Eserval-Rocha_pres_tj_baO governador Jaques Wagner empossou, nesta segunda-feira, 31, na Governadoria, o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Eserval Rocha (foto), como governador em exercício. Ele fica no cargo até 8 de abril, quando Wagner retorna de férias.

“Vou viajar tranquilo porque estou deixando a Bahia em boas mãos. Sei que ele vai cumprir seu papel bem durante os dias que estarei viajando”, afirmou o governador Jaques Wagner.

O presidente do TJ assume o posto de Wagner, já que o vice-governador, Otto Alencar, e o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, vão participar do processo eleitoral neste ano.

WAGNER TENTA SELAR A PAZ COM MARCELO NILO

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Bahia Notícias

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), e o governador Jaques Wagner sentaram nesta quarta-feira (26) para discutir a relação e tentar fumar o cachimbo da paz, após o pedetista externar a sua insatisfação de não ser o escolhido para candidato a vice na chapa governista, posto que ficou com o deputado federal João Leão (PP). Wagner definiu o encontro como uma “retomada” do diálogo, embora tenha reconhecido que “o sentimento sempre fica”. Após evento nesta quinta (27) sobre obras de mobilidade urbana na capital, o governador relatou o conteúdo de parte da conversa. “Eu contei a ele uma tradição de uma tribo indígena, que eu recebi no meu smartphone. Quando alguém fazia alguma coisa errada, as pessoas dessa tribo, em vez de criticarem, faziam uma roda em torno da pessoa e ficavam um ou dois dias dizendo o que ela já tinha feito de bom, porque aquela era a marca dela”, contou, embora não tenha revelado quem era o “índio” do meio da roda. “São os dois. A minha decisão não agradou ele e eu posso não ter gostado de algo da reação dele”, completou. De acordo com Wagner, também esteve na pauta da conversa a atuação de Nilo em votação na última terça (25), quando o presidente da AL-BA barrou a votação de projetos de interesse do Executivo, com a justificativa de que somente seguiu o regimento. “Não acho que teremos problema nessa área”, previu. O petista ainda apostou que, apesar da “tristeza” do cacique da AL-BA, os pedetistas não têm como destino a tribo da oposição. “Não há uma vontade de as pessoas romperem”, opinou. O governador explicou sua demora em indicar Leão para ser vice do candidato a governador Rui Costa. “O melhor do mundo é que eles [PP e PDT] tivessem se entendido”, disse.

Sorry. No data so far.




dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia